Publicado por: Flávio Simonetti | 5 março, 2010

Malásia

Após um mês sem postar nada, resolvi me mexer e voltar a publicar minhas aventuras. Mas o motivo para a longa ausência foi o fato de que meus dias aqui na Malásia têm quase todos sido dedicados ao mais completo ócio contemplativo, com muitas horas de praia e alguns passeios…mas para compensar estou colocando abaixo váeias fotos e alguns vídeos.

Cheguei em Kuala Lumpur após um voo de cinco horas que pareceram 24. Além de eu ainda estar passando mal em função de algo que comi na China, decidi viajar utilizando uma dessas companhias de baixíssimo custo. Isso significou que eu não tinha direito a comida, bebida, travesseiro ou cobertor e que os assentos foram projetados para acomodar apenas os diminutos Hobbits saídos diretamente dos livros de Tolkien. Um inferno.

Chinatown, Kuala Lumpur

A capital da Malásia é uma ‘pequena grande cidade’ com apenas 1,8 milhão de habitantes. Como eu aionda estava me recuperando, fiz poucas coisas na cidade. Visitei as torres Petronas, que um dia jáforam os edifícios mais altos do mundo. Mas decidi não subir até a plataforma de observação, pois ela está localizada ‘apenas’ no 41º andar, muito mais baixo que o observatório do World Financial Center em Shanghai. Também andei bastante pelo bairro chinês, mas após alguns dias peguei um ônibus em direção à praia.

Pulau Pangkor é uma pequena ilha no estado de Perak. O lugar é bastante tranquilo, e as maiores atrações são mesmo as praias, com poucos turistas. Foi nessa ilha que eu passei o ano novo chinês, de novo uma experiência bastante ‘tranquila’. Poucos turistas, a maioria deles malaios, 5 minutos de fogos e eu estava na cama antes da uma da manhã.

De Pangkor fui até Pulau Langkawi, considerado o principal destino turístico da Malásia. A ilha é enorme e atrai viajantes do mundo inteiro em busca de praias, mergulho, diversão e principalmente compras. A ilha é uma zona franca, e produtos importados podem custar até 50% mais barato do que no continente. Mas como eu não estava interessado em comprar barras de chocolate (tá bom, eu comprei algumas), whisky, chaveiros, camisetas ou sandálias de borracha, passei meus dias na praia.

Mas, após um hiato de dois meses, voltei a mergulhar, desta vez no Parque Marinho de Pulau Mayar. Também visitei o Underwater World, o maior aquário do país, fiz uma pequena viagem no teleférico que me levou numa viagem arrepiante até o alto do pico mais alto de Langkawi, explorei a ilha de moto e andei de jet-sky pela primeira vez na vida.

Em seguida fui até a cidade de Georgetown, na ilha de Penang, onde passei alguns dias explorando as ruas cheias de construções antigas como as muralhas do Forte Cornwallis.

Melaka

Há dois dias cheguei em Melaka, cidade que é Patrimônio Histórico da Unesco e que possui  forte influência holandesa, inglesa e portuguesa. No meu primeiro dia aqui visitei Stadhuys, a mais antiga construção holandesa da cidade, datando do século 17, e que atualmente abriga o Museu de História e Etnografia de Melaka. Em seguida fui até as ruínas da Igreja de São Paulo, construída por portugueses no século 16. Também visitei o Palácio do Sultanato de Melaka, na verdade uma reprodução do palácio original, e as ruínas da Porta de Santiago, forte português construído por Afonso de Albuquerque em 1511.

Underwater World, Pulau Langkawi

Underwater World, Pulau Langkawi

Teleférico em Pulau Langkawi

Centro histórico de Melaka

Anúncios

Responses

  1. Já sinto você mais próximo! Volte logo, saudades!

  2. Nós ainda estamos aqui!!
    Beijos!

  3. Posta mais aí!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: